Quer saber quais são as vantagens de fazer café na prensa francesa? A gente conta tudo!

 

Sentir o cheirinho de café se espalhando pela casa, de manhã cedo ou depois do almoço, faz parte da memória afetiva dos brasileiros. Tomar um café com amigos, com um pedaço de bolo e bom papo, é um prazer que exprime bem a nossa natureza acolhedora. Presente em 98% dos lares, o café é uma unanimidade nacional. E são muitos os jeitos de prepará-lo, do antigo coador de pano da vovó, às máquinas de café expresso que se popularizaram nos últimos anos.

 

Hoje, vamos falar sobre um deles, que é um verdadeiro ritual: o café na prensa francesa. Sua principal característica é ser um método de infusão. O café é misturado com a água quente, fica descansando uns minutinhos, e depois é filtrado por uma tela de metal localizada no êmbolo da cafeteira. Dessa forma, os grãos liberam todos os seus óleos e substratos, carregados de sabores e aromas. O resultado é um café encorpado, denso, com grande complexidade. Aliás, já foram cientificamente identificados mais de 800 aromas no café! Impressionante, não é mesmo?

Imagem: Para servir café na prensa francesa, invista na cafeteira de vidro e metal, e nas louças da coleção Floreal Hana; tudo da Oxford.

Para servir café na prensa francesa, invista na cafeteira de vidro e metal, e nas louças da coleção Floreal Hana; tudo da Oxford.

 

Sobre a origem da prensa francesa, sabe-se que um equipamento similar foi criado em 1850, na França. Mas foi um designer italiano, Attilio Calimani, que a registrou em 1929. Outras versões foram surgindo, até que o modelo atual se espalhasse pelo mundo.

Os segredos do ritual do café na prensa francesa

Uma das condições para que o preparo na cafeteira francesa seja bem sucedido é a qualidade do café. Como o método irá extrair toda a potencialidade dos grãos, é preciso escolher o melhor café possível. Grãos de boa procedência, com torra clara ou média, são os mais indicados.

 

O delicioso aroma do café, que a gente tanto ama, é composto por elementos voláteis. Por isso, fazer moagem na hora do consumo garante que eles estejam, em sua totalidade, na sua xícara. A moagem dos grãos que deve ser média ou grossa. Caso você não tenha um moedor em casa, não se preocupe. Muitas lojas especializadas, que vendem café em grão, se prontificam a moê-lo na espessura desejada. Porém, se você preferir, também pode usar o pó de café normal.

 

A quantidade de pó utilizada na preparação vai variar em função do gosto pessoal e do tipo de café escolhido, mas sugerimos o uso de 1 colher de chá de pó para 120ml de água.

 

A água é igualmente importante. Procure usar água mineral ou água filtrada, sem cloro, para não haver alteração do gosto. A temperatura deve estar entre 95ºC e 98ºC. Os especialistas diferem um pouco quanto a estes números. Alguns dizem que a água deve colocada na cafeteira logo no início da fervura, quando se formam pequenas bolhas no fundo da chaleira. Outros preferem a água com fervura alta. O melhor a fazer é experimentar e descobrir o que funciona melhor para seu paladar.

 

Tenha um timer à mão para medir o tempo de infusão. Quanto mais tempo o pó descansar, maior será a liberação de cafeína e, consequentemente, de amargor. Por isso, recomendamos que o tempo de infusão não ultrapasse os 4 minutos.

 

Confira, no vídeo, como é fácil fazer um café impecável, na linda cafeteira francesa da Oxford.

Método de preparo do café na prensa francesa:

  • Retire a tampa, o êmbolo e o filtro, e escalde a jarra de vidro com água quente. Aguarde alguns minutos, até que a jarra fique aquecida, e descarte a água.
  • Moa os grãos de café com um moedor manual ou elétrico. A textura deve ficar parecida com a de sal grosso ou aveia em flocos. Ou utilize o pó de café normal que você possui em casa.
  • Coloque o pó de café na jarra, despeje a água quente, e mexa delicadamente com uma colher de madeira ou silicone.
  • Tampe a cafeteira, sem pressionar o êmbolo, e deixe em infusão por 2 a 4 minutos.
  • Posicione a tampa com a abertura na direção do bico da jarra.
  • Pressione o êmbolo devagar.
  • Sirva imediatamente.

 

Além da qualidade do sabor, outras vantagens do uso da prensa francesa são:

  • Não usa eletricidade, nem filtros de papel, ou seja, é eco friendly.
  • Prática e fácil de lavar.
  • Beleza e durabilidade do equipamento.

 

Em breve, as cafeteiras francesas da Oxford estarão em várias lojas de todo o Brasil.

Veja mais