As louças com paisagens históricas têm de mais de 2 séculos de tradição. Conheça mais sobre esse passado cheio de glamour e mistério.

Imagem: As louças com paisagens históricas são admiradas, e colecionadas, desde o século 18!

As louças com paisagens históricas são admiradas, e colecionadas, desde o século 18!

 

Já parou para pensar que os objetos que nos cercam no dia a dia podem ter um passado rico e interessantíssimo, do qual nem suspeitamos? Esse é o caso das louças com paisagens históricas, muito populares em tons de azul e branco, em várias partes do mundo.

 

Para explicar como elas se tornaram tão famosas, precisamos voltar no tempo até a invenção da porcelana, na China, cerca de 2 mil anos atrás. Foi um processo lento e gradual, transformar matérias-primas como argila, quartzo, caulim e feldspato, em um tipo de cerâmica especialmente delicada, resistente e branca. 

 

Mas por volta do séculos 7 e 10, período da dinastia Tang, as porcelanas chinesas já encantavam o mundo islâmico. Mais ou menos em 1400, as peças chegaram à Europa, Ásia e África, através da Rota da Seda.  E no século 16, os mercadores portugueses começaram a comprar esses artigos diretamente da China.

 

Pintadas à mão, as porcelanas chinesas eram muito apreciadas por seus desenhos elaborados. Em especial, faziam sucesso os motivos de paisagens em azul e branco.

Blue Willow, a mais famosa das louças com paisagens históricas

Entre todas as porcelanas com paisagens históricas chinesas, a Blue Willow (ou Salgueiro Azul, em tradução livre) se tornou a mais popular no Ocidente. Mas se engana quem pensa que ela foi criada na China. No final do século 18, na Inglaterra, ceramistas ingleses desenvolveram o desenho, a partir de vários motivos orientais. Nesse momento, as caras cerâmicas chinesas, importadas, ainda eram pintadas à mão. Mas já se iniciava  a produção em massa de louças decorativas, com o uso de transfers gravados ou impressos. Com um preço mais acessível, a Blue Willow se espalhou pelo mundo e continua a ser fabricada até hoje!

Imagem: A beleza atemporal é uma característica da coleção Flamingo Blue Willow, da Oxford Porcelanas.

A beleza atemporal é uma característica da coleção Flamingo Blue Willow, da Oxford Porcelanas.

 

Para receber a denominação Blue Willow, no entanto, o desenho da louça precisa ter algumas características específicas:

  • Salgueiros
  • Pinheiros chineses (comumente confundidos com macieiras ou laranjeiras)
  • Uma ponte com três homens
  • Uma cerca
  • Um barco
  • Uma casa de chá (ou pagode)
  • Dois pássaros voando
  • A padronagem típica é azul em fundo branco, mas existem versões em outras cores monocromáticas, como vermelho, preto, rosa…

Outras paisagens

A partir do sucesso da Blue Willow, as louças com paisagens históricas se diversificaram. As estampas passaram a incluir belos cenários europeus, campestres ou urbanos. Um bom exemplo disso são os jogos em cerâmica Cena Inglesa e Vilarejo, ambos da Biona, abaixo.

Imagem: As louças da coleção Cena Inglesa, da Biona, exibem uma carruagem em meio à antigas casas da Inglaterra.

As louças da coleção Cena Inglesa, da Biona, exibem uma carruagem em meio à antigas casas da Inglaterra.

 

Imagem: No aparelho de jantar Vilarejo, da Biona, casinhas inglesas, árvores e uma pequena carruagem, aparecem emolduradas por flores e arabescos.

No aparelho de jantar Vilarejo, da Biona, casinhas inglesas, árvores e uma pequena carruagem, aparecem emolduradas por flores e arabescos.

 

Quem gosta de chinoiserie e quer montar uma mesa suntuosa e exótica, que vai impressionar os convidados, não pode deixar de ter algumas louças com paisagens históricas. Afinal, é um investimento atemporal!

Veja mais