Que tal se deleitar com um almoço na Itália, bem caprichado, daqueles que faz com que você se sinta no meio de um campo na Toscana?

 

Acho que todo mundo concorda que uma das melhores coisas da vida é viajar, conhecer novos lugares, culturas exóticas e sabores inesperados. E, acredite, é possível fazer isso, em certa medida, mesmo sem sair de casa. O primeiro passo é escolher o destino. Em seguida, é preciso cercar-se de algumas informações e referências. Finalmente, partimos para a prática.

 

Então, bora lá, curtir um almoço na Itália com clima campestre! O país, um dos destinos turísticos mais cobiçados do mundo, se caracteriza pelo charme rústico, pela culinária primorosa e pelos vinhos de altíssima qualidade. Por tudo isso, a escolha da louça é fundamental. 

Imagem: Tonalidade profunda e textura atraente nas peças de cerâmica da coleção Corvina, da Oxford Daily. Foto: Elisa Correa.

Tonalidade profunda e textura atraente nas peças de cerâmica da coleção Corvina, da Oxford Daily. Foto: Elisa Correa.

 

A mesa do nosso almoço italiano vai ser posta com peças da coleção Mendi Corvina da Oxford–cujo nome não tem nada a ver com peixe. Neste caso, Corvina é uma variedade de uva vinífera cultivada no Nordeste da Itália, na região do Vêneto. E se você acha que nunca experimentou esta uva, talvez esteja enganado. A Corvina é essencial na composição de famosos vinhos italianos, como Valpolicella e Bardolino.

Imagem: Uma mesa que aposta no contraste de cores para criar um clima especial, que faz com que você se sinta no meio de um campo na Toscana. Foto: Elisa Correa.

Uma mesa que aposta no contraste de cores para criar um clima especial, que faz com que você se sinta no meio de um campo na Toscana. Foto: Elisa Correa.

 

E por falar em vinho, observe que as taças de cristal utilizadas aqui, têm um visual clássico ma non troppo. Seu design, revisitado com sutileza, combina hastes delicadas com bojos mais amplos para uma degustação perfeita. Vamos brindar?

Detalhes especiais compõem o almoço na Itália

Para emoldurar os pratos, escolhemos um jogo americano de palha trançada e guardanapos de linho amarelo mostarda, amarrados com um singelo fio de sisal. Os talheres têm cabo de madeira mas exibem um desenho elegante. Esses elementos naturais –palha, sisal e madeira– contrastam com o tom de vinho intenso da porcelana. E reforçam a ideia de uma informalidade refinada, típica do campo.

Imagem: O modelo Mendi, da Oxford Daily, tem os pratos com as bordas decoradas em alto-relevo. Foto: Elisa Correa.

O modelo Mendi, da Oxford Daily, tem os pratos com as bordas decoradas em alto-relevo. Foto: Elisa Correa.

 

Outro aspecto importantíssimo, que não pode ser esquecido, é o arranjo floral. Na nossa mesa, flores vermelhas e púrpuras fazem uma bela composição com folhagens verdes. E detalhe: o arranjo foi feito dentro de um tronco seco de árvore. Mais charmoso, impossível!

Imagem: Inspiração de um arranjo de flores muito charmoso feito dentro de um tronco de árvore seco. Foto: Elisa Correa.

Inspiração de um arranjo de flores muito charmoso feito dentro de um tronco de árvore seco. Foto: Elisa Correa.

Dicas espertas

  • Nos arranjos que ficam no centro da mesa, como este, deve-se tomar cuidado para que as hastes das flores não fiquem altas demais, atrapalhando a visão dos convidados.
  • Ao usar louças coloridas, pense no cardápio de forma que os alimentos e os pratos de servir formem combinações cromáticas interessantes. Que tal uma salada bem colorida e um belo Risoto alla Piemontese?

Realização: Lucila Turqueto, do blog Casa de Valentina 
Texto: Biti Averbach
Fotos: Elisa Correa 
Flores: Mimo em Flor
Jogos americanos e guardanapos: Artenamesa

Veja mais