Casar. Independentemente da idade, gênero ou condição financeira, a hora do sim é um marco na vida de qualquer pessoa. A realização do sonho se completa com vestido de noiva, espumante,  fotos e uma mesa repleta de docinhos em uma grandiosa festa. Contudo, há quem prefira reunir apenas as pessoas mais importantes da sua vida, sem abrir mão dos detalhes na hora de celebrar este momento tão especial. É por isso que o miniwedding se tornou tendência na Europa e está ganhando cada vez mais força no Brasil.

Imagem: O miniwedding é uma tendência que surgiu na Europa, caiu no gosto dos americanos e em meados de 2008 chegou ao Brasil, fazendo cada vez mais sucesso. Trata-se de uma cerimônia de casamento intimista, com no máximo 80 convidados e pode ser realizado em qualquer lugar: praia, campo e até mesmo em casa. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

O miniwedding é uma tendência que surgiu na Europa, caiu no gosto dos americanos e em meados de 2008 chegou ao Brasil, fazendo cada vez mais sucesso. Trata-se de uma cerimônia de casamento intimista, com no máximo 80 convidados e pode ser realizado em qualquer lugar: praia, campo e até mesmo em casa. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

De acordo com a produtora e decoradora Lia Passold, a principal característica deste tipo de casamento é a restrição do número de convidados. “A lista pode ser bem enxuta ou chegar a, no  máximo, 80 convidados”, explica. Esta característica o torna bastante intimista, possibilitando que os noivos estejam muito próximos de seus convidados, fazendo com que eles se sintam especiais  e bem acolhidos. Economia não é o principal atrativo do miniwedding. Muitos destes casamentos são tão luxuosos, ou mais, quanto os tradicionais.

Imagem: As cadeiras dos noivos foram marcadas com corações de vime e detalhes em renda e algodão. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

As cadeiras dos noivos foram marcadas com corações de vime e detalhes em renda e algodão. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

O menor número de convidados permite que os noivos invistam em um menu mais sofisticado, na personalização dos detalhes e no glamour de itens como pratarias, cristais e decoração elegante. Pode ser realizado durante o dia, ou à noite, no local preferido dos noivos: praia, sítio, aquele restaurante especial ou até mesmo em casa. “O miniwedding pode acontecer em qualquer lugar, desde que acomode confortavelmente todos os convidados”, diz Lia.

Imagem: Miniwedding conquista o coração dos noivos que buscam uma celebração mais intimista, para poucos convidados, mas sem dispensar sofisticação e o cuidado especial com cada elemento da festa. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Miniwedding conquista o coração dos noivos que buscam uma celebração mais intimista, para poucos convidados, mas sem dispensar sofisticação e o cuidado especial com cada elemento da festa. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: A estampa destes pratos da Oxford foi inspirada na renda dos vestidos de noiva e definiu a escolha pelas toalhas de mesa feitas com renda de vestidos, dando ainda mais charme à ambientação. Na mesa dos noivos, eles foram cercados por delicadas flores. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

A estampa destes pratos da Oxford foi inspirada na renda dos vestidos de noiva e definiu a escolha pelas toalhas de mesa feitas com renda de vestidos, dando ainda mais charme à ambientação. Na mesa dos noivos, eles foram cercados por delicadas flores. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Com o tema “Amor Perfeito”, Lia ambientou um miniwedding. Delicadeza, bom gosto e doses extras de amor estão por todos os lados. Por ser ambientado em um restaurante, em período noturno, o charme se completa pela iluminação cênica com preciosos detalhes, como as velas nas mesas e nas lanternas marroquinas. Deguste todos os detalhes desta super produção!

Amor-perfeito: o tema do nosso miniwedding

Imagem: A mesa dos noivos foi montada para dar lugar aos pais e dois casais de padrinhos. Em casamentos pequenos é mais fácil criar uma identidade visual. Sobre o guardanapo, por exemplo, está o menu da festa, em papelaria personalizada seguindo as cores das flores e detalhes do ambiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

A mesa dos noivos foi montada para dar lugar aos pais e dois casais de padrinhos. Em casamentos pequenos é mais fácil criar uma identidade visual. Sobre o guardanapo, por exemplo, está o menu da festa, em papelaria personalizada seguindo as cores das flores e detalhes do ambiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Para amenizar a estrutura aparente do local, garrafas foram penduradas nas vigas de madeira, compondo com as flores e as lanternas marroquinas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Para amenizar a estrutura aparente do local, garrafas foram penduradas nas vigas de madeira, compondo com as flores e as lanternas marroquinas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: As mesas dos convidados, em madeira de demolição, ganharam apenas trilhos transpassados ou jogos americanos. Nos guardanapos, um toque especial: raminhos de alecrim. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

As mesas dos convidados, em madeira de demolição, ganharam apenas trilhos transpassados ou jogos americanos. Nos guardanapos, um toque especial: raminhos de alecrim. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: As velas contribuem para a iluminação cênica de todos os espaços. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

As velas contribuem para a iluminação cênica de todos os espaços. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: No topo dos bolos, os tradicionais noivinhos são substituídos por flores e inscrições do amor perfeito, ou ramos de Gipsofila (mosquitinho). Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

No topo dos bolos, os tradicionais noivinhos são substituídos por flores e inscrições do amor perfeito, ou ramos de Gipsofila (mosquitinho). Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Bela e romântica, a mesa do bolo é a vedete do espaço. Sobre ela, sofisticados docinhos, tortinhas e cupcakes. Mas são os Naked Cakes (bolos pelados), tendência da gastronomia, que roubam a cena. Aqui a opção foi por pequenos bolos, proporcionando variados sabores. Ao fundo, uma cortina de luzes cria um belo cenário para fotos. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Bela e romântica, a mesa do bolo é a vedete do espaço. Sobre ela, sofisticados docinhos, tortinhas e cupcakes. Mas são os Naked Cakes (bolos pelados), tendência da gastronomia, que roubam a cena. Aqui a opção foi por pequenos bolos, proporcionando variados sabores. Ao fundo, uma cortina de luzes cria um belo cenário para fotos. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: A cristaleira de madeira e vidro recebe as lembrancinhas e o buquê da noiva. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

A cristaleira de madeira e vidro recebe as lembrancinhas e o buquê da noiva. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Como lembrança, sachês aromatizados levam a marca do amor perfeito, mas poderiam trazer grafados os nomes dos noivos ou até a data do casamento. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Como lembrança, sachês aromatizados levam a marca do amor perfeito, mas poderiam trazer grafados os nomes dos noivos ou até a data do casamento. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: O buquê da noiva é composto por flores Callas, Ranúnculo e a Alstroemeria. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

O buquê da noiva é composto por flores Callas, Ranúnculo e a Alstroemeria. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

A principal ideia do miniwedding é ter entre os convidados apenas as pessoas mais íntimas. Mas a restrição no número de convidados pode causar uma saia justa ao casal, com aquela tia ou aquele colega de trabalho que não foi convidado para o momento do sim. É preciso explicar que a cerimônia será muito íntima, contudo é de bom tom enviar um cartão ou um bem casado oficializando a união.

Escolhendo o cardápio para um miniwedding

É preciso observar o espaço do local escolhido, o horário e o orçamento, pois é possível servir diversos cardápios, de variadas formas, neste tipo de evento, do tradicional buffet a um almoço ou  jantar à francesa. Um coquetel ou um delicioso finger food – porções individuais para comer com as “mãos” – combinam com qualquer horário. Para quem optar apenas por uma recepção, bolo e espumante são uma combinação elegante.

 

Por: Francine Mirele da Silva

Produção: Lia Pasold

Veja mais