Era uma vez um moço com papel, caneta e muita inspiração. O Pedro – assim, simplesmente o Pedro – se apresenta de uma maneira muito bonita, sem falar de números, sem falar da “profissão” que escolheu pra vida, sem falar de coisas que inflam o ego. Por isso, nessa entrevista, vamos respeitar esse perfil e falar do Pedro do jeito que ele gosta mesmo. O criador do projeto “Um cartão” tem muito pra dizer, ou melhor, pra escrever.

Imagem: Boas energias sempre encontram o caminho certo. Um cartão.

Boas energias sempre encontram o caminho certo. Um cartão.

 

O Um cartão é um projeto tão simples quanto bonito. São cartões com frases que falam de tudo. São inspiração, comédia, amor, motivação. Pedro escreve à mão mesmo, na maioria das vezes em papéis coloridos, fotografa e publica os cartões no Instagram e no Facebook.

Cultive com carinho os seus sonhos mais malucos. Um cartão.

Cultive com carinho os seus sonhos mais malucos. Um cartão.

 

Imagem: Foi mal, dormi. Um cartão. Verdades engraçadas? Tem também!

Foi mal, dormi. Um cartão. Verdades engraçadas? Tem também!

Uma breve história do Um cartão

Ao ser questionado sobre como o projeto começou, a resposta é: “confesso que essa foi a pergunta que mais escutei desde que os cartões ganharam vida. Confesso também que penso em novos pontos de partida para essa história, ainda que saiba de cor o dia e até a hora da primeira postagem. E essas pequenas novas reflexões me chegam porque quanto mais o tempo passa, mais eu percebo que não sou eu que escrevo os cartões e são eles que me escrevem. Todos os dias, há pouco mais quatro anos, mas talvez a minha relação latente com eles já tivesse nascido há uns quinze anos, quando comecei a rabiscar meus primeiros textos e desenhos. Eles nasceram para a internet em 2014, mas em mim eles existiam há muito tempo. Um tempo que eu não sei dizer quando, mas que aprendi a agradecer sempre”.

Imagem: Cada pedra do caminho tem uma função. Às vezes, as frases do Um cartão saem da internet e vão parar em alguns lugares bem inusitados.

Cada pedra do caminho tem uma função. Às vezes, as frases do Um cartão saem da internet e vão parar em alguns lugares bem inusitados.

 

O projeto hoje tem números bem grandes na internet. São milhares de seguidores inspirados pelas frases do Pedro todos os dias. E é quase normal que essas coisas que viralizam na internet pareçam repentinas, coisa fácil. Parece que um dia simplesmente o projeto bombou. Mas o criador do Um cartão garante que não é bem assim: “há algum tempo escrevi um cartão que fala sobre crescimentos: suspeite sempre das coisas que são ou aparentam ser conseguidas sem esforço, angústias ou dor. Milagres assim não acontecem e o único desejo disso é desvalorizar a sua luta. Trabalhe muito duro e sonhe muito grande. É assim que as coisas de verdade acontecem. Com os cartões o caminho do esforço, das angústias e da dor foi seguido direitinho. O crescimento é sempre gradual e difícil, as coisas não acontecem no nosso tempo e nos questionamos muito sobre quase tudo, quase sempre. E acredito mesmo que é isso que faz o caminho ser charmoso, único e realmente inesquecível”.

Imagem: A vida é uma chance. Um cartão.

A vida é uma chance. Um cartão.

Inspiração

Quando o assunto é inspiração, não tem tempo ruim. Tudo vira uma boa frase para estampar um cartão. “A inspiração está na certeza de que não existe nada só bom ou ruim. E o lado bom das coisas tem um poder incrível, que faz com que a gente perceba a vida de um jeito mais leve, mais fácil e mais bonito. A certeza dos dois lados é a garantia de que sempre vai ter alguma coisa para tirar de aprendizado, porque doeu e alguma coisa para querer reviver, porque deu prazer”.

Imagem: Não existe sofrimento que não tenha fim. Um cartão.

Não existe sofrimento que não tenha fim. Um cartão.

 

O projeto nasceu genuinamente na internet, mas já ganhou vida fora dela também. “Hoje os cartões existem em livros, adesivos, camisas, quadros, produtos de decoração e em outros vários lugares espalhados”, conta Pedro. E ainda completa lindamente: “qualquer lugar ainda é pouco perto do tanto que eu sei que ainda posso ser. Quero escrever as coisas do meu coração por onde houver espaço. E quando faltar espaço, escreverei o amor em mim”.

O amor é nosso e a gente dá pra quem quiser. Um cartão.

O amor é nosso e a gente dá pra quem quiser. Um cartão.

 

Imagem: Um dos livros do Um cartão. Todas as páginas podem ser destacadas para que as pessoas saiam espalhando as mensagens.

Um dos livros do Um cartão. Todas as páginas podem ser destacadas para que as pessoas saiam espalhando as mensagens.

Vamos falar sobre o Pedro?

Imagem: Essa é uma foto que fala muito sobre o Pedro.

Essa é uma foto que fala muito sobre o Pedro.

 

“Nunca tive a vaidade de ser conhecido pelos cartões. Ou que o meu rosto fosse visto, ou que eu fosse reconhecido na rua ou qualquer outra vaidade que eles poderiam me trazer. Eu prefiro que eles sejam vistos, reconhecidos e vaidosos por quem eles são. Porque somos juntos. Eu não preciso do meu rosto estampado quando eu tenho o meu coração aberto. Não importa quem sou por fora quando as pessoas me conhecem por dentro. Sou mais bonito do avesso porque somos de fato quem somos por dentro”. Pronto! Não precisamos falar mais nada, né? Talvez possamos dizer que não concordamos tanto com alguns cartões…

Paixão é treta. Um cartão.

Paixão é treta. Um cartão.

 

Mas mesmo assim já vem outro cartão que diz que tá tudo bem porque…

Imagem: Discordar faz parte. Um cartão.

Discordar faz parte. Um cartão.

E pra finalizar:

Só vim pela comida. Um cartão.

Só vim pela comida. Um cartão.

Veja mais