Uma alternativa criativa para quem mora em apartamentos são os minijardins. Dá para imaginar que uma simples tigela pode virar um lindo minijardim? O biólogo Edson Egerland, do Jardim em Conserva, é especialista no assunto e aproveita vidros e outros recipientes descartados na montagem.

Imagem: Os minijardins podem ser feitos numa tigela, por exemplo. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Os minijardins podem ser feitos numa tigela, por exemplo. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

A ideia é que as plantas escolhidas criem o seu próprio ecossistema e vivam por conta própria, necessitando pouca manutenção. Edson ensina um passo a passo aqui.

Para fazer os minijardins você vai precisar de:

  1. Tigela de porcelana ou taça de cristal
  2. Pedra de rio
  3. Carvão ativado
  4. Composto de terra orgânica misturado com areia a 50%
  5. Areia de rio

Passo a passo para montar os minijardins:

Imagem: Passo 1: Forre o fundo da tigela com uma camada generosa de pedras de rio. Como ela não tem fundo, as pedras farão a drenagem da água. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 1: Forre o fundo da tigela com uma camada generosa de pedras de rio. Como ela não tem fundo, as pedras farão a drenagem da água. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 2: Acrescente duas colheres de sopa de carvão ativado. Ele funciona como um purificador da água, evitando o mau cheiro. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 2: Acrescente duas colheres de sopa de carvão ativado. Ele funciona como um purificador da água, evitando o mau cheiro. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 3: Crie uma camada com o composto de terra orgânica misturado com areia a 50%. Misture-a com o cartão ativado, deixando a terra fofa para a transferência das mudas para a tigela. Foto: Raphael Günther/Bespoke

Passo 3: Crie uma camada com o composto de terra orgânica misturado com areia a 50%. Misture-a com o cartão ativado, deixando a terra fofa para a transferência das mudas para a tigela. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 4: Plante primeiro o cacto e deixe espaço suficiente para a propagação das demais mudas que serão transferidas para o recipiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 4: Plante primeiro o cacto e deixe espaço suficiente para a propagação das demais mudas que serão transferidas para o recipiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 5: Tire as mudas da embalagem, afofe a terra até quase expor toda a raiz e plante na tigela, cuidando para respeitar o espaço entre uma e outra. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 5: Tire as mudas da embalagem, afofe a terra até quase expor toda a raiz e plante na tigela, cuidando para respeitar o espaço entre uma e outra. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 6: Coloque areia de rio por cima da terra. Além de dar acabamento, ajuda na drenagem da água. Use o restante das pedras de rio para decorar e o que mais a sua criatividade permitir, como galhos, objetos, miniaturas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 6: Coloque areia de rio por cima da terra. Além de dar acabamento, ajuda na drenagem da água. Use o restante das pedras de rio para decorar e o que mais a sua criatividade permitir, como galhos, objetos, miniaturas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

A manutenção é bem fácil, pois cactos e suculentas exigem pouca água – cerca de uma colher de sopa por semana –, sempre no solo, sobre as pedras, nunca diretamente sobre as plantas. Observe se o solo está seco entre uma rega e outra. Deixe-as pelo menos quatro horas por dia sob a luz direta do sol. Outra dica é fazer uma composição com espécies diferentes, mas que tenham as mesmas necessidades de água e sol.

Imagem: Os minijardins podem ser montados nos mais variados tipos de recipientes. Vidros de conserva, jarros e até mesmo copos como este de cristal para conhaque, são perfeitos! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Os minijardins podem ser montados nos mais variados tipos de recipientes. Vidros de conserva, jarros e até mesmo copos como este de cristal para conhaque, são perfeitos! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Por: Elida Hack Ruivo

Produção: Edson Egerland

Veja mais