Os aromas são capazes de provocar emoções. Há registros do uso de vários tipos de aromatizador em diversas culturas antigas. No Egito, por exemplo, certos aromas eram utilizados na mumificação para atrair o divino, afastar pragas e maus odores. A civilização grega explorava os atributos curativos dos óleos essenciais. Em casa, os aromatizadores de ambiente ajudam a criar uma identidade própria e tornam os espaços mais acolhedores.

Imagem: Além de deixar a casa perfumada, um aromatizador de ambiente provoca sensação de bem-estar. Para fugir dos tradicionais industrializados, que tal fazer um caseiro combinando frutas, ervas, especiarias e essências naturais? Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Além de deixar a casa perfumada, um aromatizador de ambiente provoca sensação de bem-estar. Para fugir dos tradicionais industrializados, que tal fazer um caseiro combinando frutas, ervas, especiarias e essências naturais? Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

A bióloga e aromaterapeuta Sheila Medeiros ensina a escolher o aroma perfeito. Segundo ela, o curinga é a lavanda francesa, que vai bem em qualquer ambiente. “Aposte nos cítricos no inverno, como o limão siciliano, e nos refrescantes na primavera e no verão, como o hortelã”, indica. Entre os óleos essenciais (extraídos das plantas), Sheila destaca o uso de laranja doce para quartos de bebês, capim-limão para locais de estudo e canela para o quarto do casal. Embora as propriedades terapêuticas não sejam asseguradas com o uso de essências (obtidas de forma sintética) ou de aromatizadores naturais, segundo afirma Sheila, os aromas exalados no ar despertam várias sensações positivas: bem-estar, limpeza, aconchego e  muitas outras, dependendo dos ingredientes escolhidos.

Imagem: Você pode fazer os aromatizadores de ambiente usando garrafas ou copos de cristal. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Você pode fazer os aromatizadores de ambiente usando garrafas ou copos de cristal. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Uma desvantagem dos aromatizadores naturais é a menor durabilidade, quando comparados aos industrializados, mas existem algumas  formas de prolongá-la. Uma delas é colocando o recipiente sobre a base de um aparelho de fondue de cerâmica e aquecendo a mistura com uma vela. Isso acontece porque o calor potencializa os aromas. Desta forma, além de poder utilizar mais tempo, fica super charmoso. Outra maneira é armazená-lo na geladeira (dura cerca de duas semanas) ou até congelar (por em média um mês) para utilizar em uma ocasião futura.

Imagem: Hora de colocar a mão na massa e fazer um aromatizador natural! A gente ensina! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Hora de colocar a mão na massa e fazer um aromatizador natural! A gente ensina! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Depois dessas dicas, é hora de colocar a mão na massa e preparar o seu próprio difusor aromático. A gente ensina você a fazer, de forma bem prática, um aromatizador de ambientes 100% natural. Uma boa forma de receber os amigos em casa, transbordando carinho!

Para fazer o aromatizador natural você vai precisar de:

  • 3 limões sicilianos
  • 10 ramos de alecrim
  • Gotas de óleo essencial de baunilha (a gosto)
  • 650ml de água

Passo a passo para fazer o aromatizador natural:

Imagem: Passo 1: Separe os ingredientes e corte o limão siciliano em finas rodelas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 1: Separe os ingredientes e corte o limão siciliano em finas rodelas. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 2: Coloque as rodelas de limão, o alecrim, o óleo essencial de baunilha e a água em uma panela e aqueça ao ponto de ebulição. Em seguida, diminua o fogo e deixe cozinhar lentamente. Quanto mais tempo, mais aroma será exalado. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 2: Coloque as rodelas de limão, o alecrim, o óleo essencial de baunilha e a água em uma panela e aqueça ao ponto de ebulição. Em seguida, diminua o fogo e deixe cozinhar lentamente. Quanto mais tempo, mais aroma será exalado. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 3: Com a ajuda de um garfo, ou de um pegador, acomode as rodelas de limão e os ramos de alecrim no recipiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 3: Com a ajuda de um garfo, ou de um pegador, acomode as rodelas de limão e os ramos de alecrim no recipiente. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Passo 4: Transfira todo o líquido da panela para o recipiente de sua escolha e pronto! Agora é só acomodá-lo no ambiente de sua preferência. Lembre-se que vidros de geleia e outros tipos de potes podem servir como difusores. Use a sua criatividade! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Passo 4: Transfira todo o líquido da panela para o recipiente de sua escolha e pronto! Agora é só acomodá-lo no ambiente de sua preferência. Lembre-se que vidros de geleia e outros tipos de potes podem servir como difusores. Use a sua criatividade! Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

As possibilidades são infinitas. Teste as combinações que mais lhe agradam! Aqui vão algumas sugestões para você experimentar:

  • Refrescante: limão, tomilho, hortelã e essência de menta;
  • Amadeirado: ramos de pinheiro ou cedro, louro e noz-moscada;
  • Adocicado: grapefruit, gengibre e essência de amêndoa;
  • Aromático: laranja, canela, cravo e anis.
Veja mais