As bibliotecas foram esquecidas e ou substituídas pela busca imediata em nossos gadgets. Tudo isso é muito bacana e a internet das coisas é cada vez mais fascinante. Estar conectado a tudo, resolver questões domésticas com um simples toque e ter o mundo dos sonhos nas mãos. Mas as bibliotecas se reinventaram e hoje podemos considerar que são atrações tão especiais e importantes quanto as visitas aos museus. E a importância das bibliotecas vai além do acervo de livros, elas hoje são guardiãs de valiosos documentos e ganham grande destaque pelas suas arquiteturas. Vamos conhecer algumas das bibliotecas mais bonitas do mundo?

Biblioteca Pública Central de Seattle, Estados Unidos

Em Seattle, nos Estados Unidos, a Biblioteca Pública Central resolveu reunir, além dos livros, todas as outras formas de mídia e apresentá-las em um só lugar. O resultado? Um projeto incrível com mais de 363 mil metros coberto de vidro com espaços para leitura e pesquisas.

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Biblioteca e Museu da Universidade Musashino Art, em Tóquio, Japão

Já no Japão, os japoneses impressionaram muito com uma biblioteca feita de prateleiras, onde até a fachada foi concebida com essa inspiração. Na parte interna, os visitantes também podem relaxar nas prateleiras, o que é no mínimo inusitado.

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Biblioteca de Stuttgart, Alemanha

A biblioteca da cidade de Stuttgart na Alemanha foi criada para ser um marco contemporâneo da Modernidade e assim apelidada carinhosamente de Cubo Mágico.

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Foto: Reprodução/Architectural Digest

Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro, Brasil

No Brasil temos uma importante biblioteca que já esteve na lista das bibliotecas mais famosas do mundo pela revista Times! É o Real Gabinete Português de Leitura, localizado no Rio de Janeiro e fundado em 1837 por imigrantes portugueses. De estilo arquitetônico Gótico-Renascentista, o Real Gabinete foi aberto ao público somente em 1990.

Foto: Reprodução/Vortex Magazine

Foto: Reprodução/Vortex Magazine

O acervo contém a primeira edição do livro “Os Lusíadas”, o manuscrito de Machado de Assis e ainda hoje é considerado a maior coleção de obras portuguesas fora do Portugal. A beleza de sua arquitetura é tão grande que já foi palco para vários filmes e novelas nacionais.

Foto: Reprodução/Vortex Magazine

Foto: Reprodução/Vortex Magazine

Nós aqui da Oxford Porcelanas também gostamos de olhar para esse mundo dos livros e foi nos livros que buscamos inspirações para um produto ícone da marca Oxford Crystal.

Cidade-da-Garoa-1

A Linha Cidade da Garoa tem taças e copos.

A linha completa de taças e copos do mais puro cristal, produzido artesanalmente por verdadeiros artistas em Pomerode, Santa Catarina, foi idealizada após uma imersão e muita pesquisa em uma biblioteca particular em Jaraguá do Sul, outra cidade catarinense. Assim, nasceu a linha de taças e copos São Paulo – Cidade da Garoa. Nas hastes das taças temos a representação de postes da capital paulista, são postes dos dias atuais até a década de 20. Detalhe, cada taça possui uma haste diferente e assim temos na mesa posta a diversidade de uma cidade cosmopolita.

Cidade-da-Garoa-2

Cada taça possui uma haste diferenciada.

Já a lapidação é uma representação dos traços de um ícone da cidade: o “Viaduto Martinho Prado”.

Viaduto-Martinho-Prado

Viaduto Martinho Prado, em São Paulo/SP.

A linha Cidade da Garoa está disponível na Loja Virtual da Oxford nos modelos Classic e com lapidação.

Veja mais